A verdadeira família dos que servem a Deus no ALTAR!!!

Todo aquele que deseja fazer a obra de Deus no altar, precisa entender isso!!!
Obs.: A vida do pastor que faz a obra de Deus como o Sr. Jesus fazia, é de sacrifício, de entrega, de renúncia, e muitas vezes somos criticado por isso!
Cuidamos de muitas mães, crendo que a nossa mãe, Deus cuidará, ajudamos muitos pais de famílias, sabendo que o nosso pai, Deus ajudará, abençoamos a irmãos doentes viciados perdidos, na certeza que nossos irmãos serão abençoados…
Aí está a diferença em fazer a obra de Deus do jeito que você quer fazer… Ou da forma que o Sr. Jesus fazia!
Vitória na guerra!!!

Perdendo a PAIXÃO INICIAL

Certo dia um dono de uma loja em um shopping, preocupado com a baixa venda em seu estabelecimento, procurou um velho lojista no centro da cidade, conhecido pela sua gentileza e sabedoria,e disse-lhe desanimado.

-Senhor, nunca vi uma crise como esta. O pessoal vê, pergunta o preço mas comprar, que é bom, nada.

O sábio respondeu:

-A crise de hoje é maior do que a do dia em que você abriu sua loja? Garanto que você não tinha nenhum cliente e a loja inteira para pagar. Mas como era você?

Garanto que você ficava na porta abrindo sorriso para quem passava. Convidava as pessoas para entrar na loja. Acompanhava os clientes até a porta, carregando os pacotes deles.
Garanto que você ficou esperando o telefone tocar imaginando ser algum cliente,
mesmo sabendo que ninguém sabia o número de seu telefone.
Você foi até a administração do shopping oferecendo-se para trabalhar na associação dos lojistas para “animar” o shopping,
fazer um natal diferente,campanhas novas etc.

Hoje, como é? O telefone toca e você grita: “Alguém atenda”. Os clientes querem falar com você e você se esconde. A associação dos lojistas chamou você para uma reunião sobre o dia das mães,você foi? Ah,meu nobre colega e você agora vem falar em crise.

Meio sem jeito,com tantas verdades reveladas,o jovem lojista persistiu:
-Mas o que devo fazer?

Com toda paciência do mundo,o experiente lojista respondeu-lhe:
Você perdeu a paixão do começo.
Quando a gente perde a paixão do começo, perde o entusiasmo pelo que faz.

Quando perdemos o entusiasmo e a paixão, perdemos a vontade de empreender, de inovar, de criar coisas novas, de nos reinventar. E, sem isso tudo, a vida torna-se uma rotina desestimulante.

Começamos a andar para trás e a acomodação pessimista toma conta de nosso dia-a-dia

Deus os abençoe sempre, Pr. MárioPassos

E Você tem adorado a criatura ou ao CRIADOR?

Romanos Cap.1, v25
“pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!
Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza;
27 semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.
28 E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes,
29 cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores,
30 caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais,
31 insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia.
32 Ora, conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que assim procedem.”

 

PERDOAR? EU? NEM MORTA!

Outro dia uma jovem senhora que havia sido traída pelo seu marido, me procurou na ICTM, pedindo ajuda desesperada, e disse que ele confessou que a havia traído com uma colega de trabalho. Também me disse que ele dizia estar arrependido e em prantos se ajoelhou aos seus pés pedindo-lhe perdão, e que ela lhe desse uma nova chance. E a resposta dela foi: “Te dou uma chance, porém não acredito mais em você.”

Perguntei a ela: “Você o perdoou pelo que fez? E ela me respondeu: “Perdoar? Eu? Nem morta! E completou: “Dar uma chance é uma coisa, perdoar é outra!” Foi aí que disse a ela e gostaria de dizer a você meu amigo leitor, “PERDOAR É UMA COISA, DAR UMA CHANCE É OUTRA COISA!” Ou seja, se invertermos a frase ela muda totalmente a expressão, você tem todo o direito de não dar uma chance, devido a traição, pois no Manual da vida nós aprendemos que a carta de divórcio é liberada apenas em caso de adultério, você não tem o direito de NÃO PERDOAR.

O perdão tem um poder extraordinário que quando praticado produz vida em quem pede perdão e em quem libera o perdão. Na verdade, esta jovem senhora já estava morta e não sabia! Entenda que quando não perdoamos, secamos por dentro, somos invadido por um sentimento de ódio ou vingança, ou ainda de inferioridade que MATA os nossos sonhos, projetos e planos.

Sei que você está agora aí se perguntando “como perdoar alguém que me fez tanto mal?” “Como esquecer tamanha injustiça?” Mas entenda perdoar não é  fazer um bem a quem lhe machucou, mas FAZER O BEM PARA SI MESMO!

Vou ensinar aqui um grande SEGREDO que eu descobri para perdoar aqueles que nos fizeram tanto mal: Sempre que vir a lembrança da pessoa na sua mente ou daquilo que ela fez, imediatamente repita estas palavras “Meu Deus em nome de Jesus eu oro por esta pessoa, (nome dela) o Sr. sabe tudo o que aconteceu, eu confesso que não consigo esquecer, mas preciso, então me ajuda e aonde quer que ela esteja agora abençoe-a. Ha ha ha, você riu pois não se acha capaz de perdoar, é difícil não é? Faça o teste, depois me conta o resultado!

Eu me lembro do meu Senhor Jesus quando estava na cruz e mesmo depois de tudo, pediu ao Pai que perdoasse aos que haviam lhe pregado vivo em uma cruz, e este é o mesmo Senhor que está sempre pronto para te perdoar também, não importa o que você tenha feito, basta você pedir perdão. Se Ele perdoou, quem somos nós para não perdoar?

Quem tem fé para perdoar tem fé para receber perdão. Deus não pode perdoar nossos ofensores por nós.

Só quem tem o coração livre de mágoas pode querer o bem de outros. Como uma alma cheia de mágoas pode abençoar alguém ou lhe desejar algo de bom?

O cristão pode ter fé para conquistar um bom casamento, ter fé para conquistar o sucesso econômico, a cura Divina, enfim, ter fé para ganhar o mundo inteiro, mas, se não tem fé para perdoar, não terá fé para alcançar perdão. Afinal de contas, está escrito e determinado:

“Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celeste vos perdoará; se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.” (Mateus 6.14,15)

Na parábola do Credor Incompassivo (Mateus 18.23-35), o Senhor Jesus deixa claro que a nossa dívida em relação a Ele é infinitamente maior do que as que contraímos entre nós, míseros humanos.

Veja os números: o primeiro servo devia ao Rei 10 mil talentos;
1 talento é igual a 6 mil dias de trabalho (6 mil denários);
A dívida desse servo era igual a 10 mil talentos vezes 6 mil denários = 60 milhões de denários;
Significa que esse servo teria de trabalhar 60 milhões de dias para pagar sua dívida. Portanto, ele deveria viver e trabalhar aproximadamente 165 mil anos.

O segundo servo devia ao primeiro apenas 100 denários, isto é, a mixaria de pouco mais de três meses de trabalho. Mas ele não o perdoou.

O que o Senhor Jesus deixa claro é que as nossas dívidas com Ele são impagáveis. Mesmo assim, diante da nossa humilhação e confissão de pecados, Ele nos perdoa.

Em compensação, Ele exige que nós perdoemos as faltas, falhas e erros uns dos outros. Do contrário, jamais encontraremos Seu perdão também.

Deus os abençoe sempre,

Pr. MárioPassos

Como ter Um coração segundo o coração de Deus?

Como ter Um coração segundo o coração de Deus?
‘‘E tendo deposto a este, levantou-lhes como rei a Davi, ao qual também, dando testemunho, disse:
Achei a Davi, filho de Jessé, homem segundo o meu coração, que fará toda a minha vontade.’’ (At 13.22)

1°- Sinceridade: Que requisitos Davi possuía mesmo sujeito às quedas que mais tarde sofreria? O Salmo 51 aponta
um deles. Ali, vemos que Davi não era hipócrita, pois conhecia suas falhas, seus limites e sabia quando e o quanto
desagradava a Deus com suas transgressões (vs. 1 e 3). Nesse processo de reconhecimento da própria miserabilidade,
humilhava-se diante do Todo-Poderoso em busca da misericórdia e purificação (v. 7). Foi na sua sinceridade que Davi
disse a Natã: “Pequei contra o Senhor […]” (2 Samuel 12.13). E essa confissão foi tão sincera, que o profeta
imediatamente replicou:
“Também o Senhor te perdoou do teu pecado; não morrerás.” Não obstante o perdão, as consequências
daquele pecado foram terríveis para Davi. Deus sempre está pronto para nos perdoar, Ele nos livra do pecado, mas
não nos livra das consequências do pecado cometido. Ele mesmo disse: ‘‘aquilo que o homem semear, isso ceifará.’’
(Gl 6.7)

2º Ser um verdadeiro adorador: Além da sinceridade, Davi tinha características de quem adorava a Deus de fato e de
verdade, não somente nos momentos de culto, na igreja, mas também na prática da vidalá fora. Nos momentos
difíceis ele adorava ao seu Senhor: (Sl 13. 1 ao 6) Aqui Davi faz um desabafo da sua atual situação, que o fazia se
sentir desprezado pelo próprio Deus, mas de repente ele mesmo declara, vs 5 e 6,: ‘‘No tocante a mim, confio na
tua graça; regozige-se o meu coração na tua Salvação. Cantarei ao Senhor porquanto me tem feito muito bem.’’

3º Honrar ao SENHOR acima de tudo: ‘‘Sucedeu que, habitando Davi em sua própria casa, disse ao profeta Natã:
Eis que moro em casa de cedros, mas a arca da Aliança do SENHOR se acha numa tenda.’’ (1Cr 17.1)
Quando Davi chegou ao trono de Israel passou a morar no palácio do rei, e foi então que ele fez esta declaração,
mostrando que não achava justo ele estar num palácio e Deus (que era representado pela arca da Aliança) numa
tenda de cortinas. E quando ele resolveu construir o Templo o Senhor a Casa de Deus disse: ‘‘E ainda, porque amo a
casa de meu Deus, o ouro e a prata particulares que tenho dou para a casa de meu Deus, afora tudo quanto preparei para o
santuário:’’ (1Cr 29.3)

4- Coração puro: “Não atentes para a sua aparência, nem para a sua altura, porque o rejeitei; porque o SENHOR não
vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o SENHOR, o coração.” (1 Samuel 16.7.)
Não se engane, Deus sabe e conheço todos os nosso pensamentos, por mais íntimos que sejam, Ele
sonda nossa mente e nosso coração e nada, absolutamente nada, passa desapercebido aos Seus olhos.
‘‘Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus.’’ (Mt 5.8)

Conclusão:
É possível sim ter um coração segundo o coração de Deus, só é necessário que você busque e ame a Deus acima
de tudo e todos, seja sincero mesmo nos momentos difíceis. Assim poderá agradar a Deus e ser chamado como Davi:
“Homem segundo o coração de Deus”.

Deus os abençoe, sempre. Pr. MárioPassos

Novo Coração!

“Dar-vos-ei coração novo e porei dentro de vós espírito novo; tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne”. (Ezequiel 36:26).

Se o Espírito Santo diz que irá nos dar um novo coração, entendemos então, que em um coração velho Ele não pode agir.

Todos que desejam a ação de Deus em suas vidas, precisam fazer este “transplante” espiritual, só aí poderão receber o batismo com o Espírito Santo e serem guiados por Ele. É o Espírito Santo que nos convence de todo pecado, de toda maldade e imundícias deste mundo, por isso, para que Ele tenha acesso ao nosso coração, este não poderá mais ser de pedra, endurecido, ou até mesmo cauterizado pelas religiões e falsas doutrinas deste mundo corrupto! ” tirarei de vós o coração de pedra e vos darei coração de carne.”

Para receber este novo coração citado nas Sagradas Escrituras, é preciso em primeiro lugar, reconhecer, e isso com humildade, que é falho e pecador, e é neste momento que o Sr. Jesus é revelado ao nosso coração através da pessoa do Espírito Santo.

Eu me lembro que quando cheguei a igreja me considerava uma pessoa do bem, um homem honesto, porque trabalhava, pagava minhas contas, não fazia mal há ninguém, etc. Na verdade estava cheio de mim, e assim era impossível, com esse velho coração ser me revelado o Salvador, pois para que me ser revelado o Salvador se eu achava que já estava salvo?

Mas naquele dia, e que dia! Em que eu abri meu coração e deixei o Espírito Santo me mostrar quem realmente eu era… Neste dia eu senti vergonha de mim mesmo, “Então, vos lembrareis dos vossos maus caminhos e dos vossos feitos que não foram bons; tereis nojo de vós mesmos por causa das vossas iniquidades e das vossas abominações.” (Ez 36.31)

Foi aí que recebi um novo coração, e este agora passou a ser sensível a voz de Deus.

É isso meu caro leitor que o Espírito Santo deseja ardentemente fazer em você, por isso busque com todas as forças este novo coração, coração é vida, ou seja, quando recebemos um novo coração, recebemos uma nova vida. E com esta nova vida você será guiado pelo Sr. Jesus para uma vida de paz e abundante. E o seu coração será um coração segundo a vontade de Deus, estrá sempre pronto para ouvi-Lo, e obedecer a sua Santa vontade.

Ele ainda disse: “Porei dentro de vós o meu Espírito e farei que andeis nos meus estatutos, guardeis os meus juízos e os observeis.” (Ez 36.27) A partir de um novo coração tudo se tornará diferente em você, o Próprio Espírito Santo desejará habitar neste coração, e aí você será uma nova criatura e ainda cheia da presença de Deus.

Comece agora a buscar este novo coração, peça em nome do Sr. Jesus e você certamente o receberá.

Deus os abençoe sempre,

Pastor MárioPassos.