EXISTE INFERNO?

Estdo site  inferno

Você sabia que para ser SALVO precisa Nascer de novo???

 Nicodemos, nome grego que significa “homem do povo”, muito frequente entre os judeus. Nicodemos pertencia aos principais do judaísmo. Era membro do Sinédrio, filiado ao partido dos fariseus. Possuía muita autoridade.

Jesus o chamou de mestre de Israel, certamente ele também era um doutor da lei.

Nicodemos sentiu muito interesse em conversar com Jesus, mas teve medo de que um encontro com o Mestre, o colocasse em risco, diante de seus nobres colegas fariseus. A inimizade dos fariseus contra Jesus crescia a cada dia.

Movido de prudência e temor, Nicodemos espera o cair da noite e vai ao encontro de Jesus. Conversas noturnas geralmente aconteciam no piso superior da casa. É bem provável que enquanto eles conversavam, o vento soprava.

Jesus recebe Nicodemos, sabendo que aquela alma haveria, futuramente, de superar sua fraqueza atual.

“Este foi ter de noite com Jesus, e disse-lhe: Rabi, bem sabemos que és Mestre, vindo de Deus; porque ninguém pode fazer estes sinais que tu fazes, se Deus não for com ele.” João 3:2

A fala de Nicodemos revela que sua compreensão da espiritualidade de Jesus, vinha acompanhada de pensamentos relativos a “causa e efeito”. Ou seja, o volume de milagres e sinais que Jesus realizava, só podia ter como causa primária, uma intervenção ou ação divina.

nicodemos, jesus e o novo nascimentoNicodemos, Jesus e o Novo Nascimento.

Nicodemos entende apenas com seu intelecto, seguindo uma lógica que ele pensa dominar, de que se há um efeito de grandes milagres, grandes obras realizadas por Jesus, isso era manifestação de uma causa que na concepção dele, só poderia vir de Deus.

E ele expressa seu pensamento à Jesus. O Mestre com muito amor, vê o quanto era incompleto o entendimento de Nicodemos a cerca do Reino de Deus. Jesus inicia suas palavras, na tentativa de elevar os pensamentos de Nicodemos ao nível espiritual.

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus.” João 3:3

Começa aqui um diálogo notório, onde Jesus mostra a necessidade da interiorização do evangelho e da confiança em Deus, no novo nascimento. Jesus falava de um Deus que não era somente para ser “acreditado” por seus milagres. O mestre se referia à transformação do “ser” para que o Reino de Deus nele se manifestasse.

“Disse-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer?” João 3:4

Era muito difícil para um judeu, fariseu principalmente, entender o sentido espiritual das palavras de Jesus. Por serem filhos do patriarca Abraão, eles julgavam-se já aperfeiçoados. Por apresentarem um aparente zelo pela lei de Moisés, acreditavam em uma pureza espiritual intrínseca da sua raça.

o novo nascimento de Jesus e nicodemos  Jesus e Nicodemos: O Novo Nascimento e o Reino de Deus

“Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.” João 3:5

Nicodemos não conseguia ver que o reino de Deus não vinha de fora do corpo, mas o reino de Deus era e é algo interior, que deve estar no coração em primeiro lugar.

Jesus fala a Nicodemos, da necessidade do novo nascimento da água (do grego hudor) e do espírito (do grego pneuma). Aqui o mestre se refere ao simbolismo do batismo de João (que os fariseus não aceitavam), e da renovação pelo Espírito Santo. O batismo em água não era de todo desconhecido de Israel.

O batismo vinha já desde o exílio babilônico, porém professado aos prosélitos, cidadãos de outras nações que se convertiam ao judaísmo.

Nicodemos e os judeus porém, achavam que eles não tinham necessidade nenhuma de aceitar um ato que simbolizava o nascer de novo.

Mas Deus desde a criação do mundo, já simbolizava para o novo nascimento. Como está escrito que “no princípio o espírito de Deus se movia sobre a face das águas”, no Gênesis, na criação de tudo, no meio das águas. Agora novamente o batismo simboliza, pela água, a recriação do ser. O nascer de uma nova criatura.

Pois, assim como a terra estava, no princípio, em estado caótico, sem forma e vazia, e Deus a recriou, assim também, para o novo nascimento, é preciso se entregar nas mãos de Deus, humildemente sem forma, reconhecendo o nosso vazio, e ser por Ele Recriado, refeito.

E quando reconhecemos o nosso vazio espiritual, somos moldados segundo a forma divina, recebendo um novo modo de pensar, deixamos de lado os nossos conceitos e preconceitos humanos, abandonamos o mundo, os desejos carnais e nos entregamos a Jesus para sermos recriados do nada.

E toda religiosidade é removida, nascendo a fé genuína, que não depende de religião, mas que adora ao Pai em espírito e em verdade. É o Novo Nascimento.

“O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo.” João 3:6-7

Nicodemos não entendeu as palavras de Jesus, pensando tratar-se de um segundo nascimento físico. Mas mesmo que se nascesse fisicamente de novo, continuaria sendo carne.

O novo nascimento ou regeneração, é o ato pelo qual Deus concede uma vida espiritual àqueles que confiam em Jesus Cristo. Sem esse nascimento espiritual, ninguém pode conhecer as coisas espirituais, nem entrar no Reino de Deus.

Jesus fala do Reino de Deus que leva o homem à prática das boas obras, pela transformação interior. Nicodemos, acostumado à prática de rituais externos da lei, tinha dificuldade de entender com o coração.

“O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito.” João 3:8

O Mestre mostra a Nicodemos, que é necessário confiar em Deus, ao invés de tê-lo apenas como um Deus para ser “acreditado” por suas ações.

Se no início do diálogo Nicodemos usou a palavra “sabemos”, para expressar a sua conclusão lógica a respeito de Deus, Jesus usa a expressão “não sabes” para indicar a necessidade de aceitar e confiar em Deus, mesmo sem saber ou compreender bem o seu propósito imediato.

Deus não quer que nós vivamos um evangelho de “causa e efeito”, como Nicodemos que reconhecia algo especial em Jesus, por causa do volume de suas obras. Deus quer que este nosso “EU”, seja desconstruído, como a terra no princípio, onde somente o Espírito de Deus se movia sobre as águas.

E que dessa desconstrução do “EU”, por obra do Espírito de Deus, pelas águas do Espírito Santo, nasça um novo ser, que ande segundo a vontade do Pai, sujeitando-se em tudo à sua palavra.

Nos dias atuais, muitos tem se enganado a respeito de Deus, também. Em uma religiosidade exagerada, presa a dogmas, liturgias e teologias, esquecem de que o evangelho não vem da aparência exterior.

Como Nicodemos, há muitos que se pensam ser detentores do saber a respeito do reino. Jesus nos avisa que o nosso ser e a nossa vida devem ser constantemente modificados. Devemos buscar o novo nascimento a todo o tempo.

“Portanto, não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12)

Deus os abençoe, sempre,

Pr. MárioPassos

OS 7 VERBOS DA SALVAÇÃO!!!

Os 7 VERBOS da SALVAÇÃO

VOCÊ NÃO MORRERÁ ANTES DISSO…

cemiterio_thumb Abraão não morreu antes de ter Isaque. José não morreu antes de ser governador do Egito. Calebe não morreu antes de desfrutar da Terra Prometida. Jó não morreu antes de Deus lhe restituir tudo o que havia perdido. Neemias não morreu antes de ver os muros de Jerusalém reconstruídos. Ester não morreu antes de contemplar a vitória do seu povo sobre os inimigos. Nenhum dos heróis da fé morreu sem antes ver, com seus próprios olhos, o fruto da sua perseverança, e desfrutar dele.

E por que seria diferente conosco, ao manifestarmos a mesma fé  que eles manifestaram?

A Palavra de Deus nos alerta dizendo: “Não abandoneis, portanto, a vossa confiança; ela tem grande galardão. Com efeito, tendes necessidade de perseverança, para que, havendo feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa.(Hb 10.35)

Estes heróis da fé conquistaram, sim venceram os seus maiores desafios, mas devemos atentar não apenas para suas conquistas, mas também para tudo o que enfrentaram antes delas acontecerem, desertos, desafios, lutas, situações que com toda certeza posso afirmar para você, chegaram a pensar que não iriam conseguir, mas mesmo assim não desistiram, PERSEVERARAM, com isso agradaram a Deus e ALCANÇARAM  a promessa.

Deus diz em Isaías 51.2: “Olhai para Abraão, vosso pai,… Ou seja, siga o seu exemplo de FÉ, CONFIANÇA e acima de tudo, PERSEVERANÇA de Abrão.

A Bíblia também  afirma que Deus julgará o justo e o perverso; pois há tempo para todo propósito e para toda obra. Eclesiastes 3.17. Ou seja, independentemente de qualquer coisa, Deus fará a diferença na vida daqueles que O servem, porque há tempo para isso, ainda que nos reste pouco tempo.

Deus é o mais interessado em que você conquiste a felicidade e a qualidade de vida através das bênçãos que tem buscado. Porque, conforme está escrito, Ele sabe que A sepultura não Te pode louvar, nem a morte glorificar-Te; não esperam em Tua fidelidade os que descem à cova. Os vivos, somente os vivos, esses Te louvam como hoje eu o faço; o Pai fará notória aos filhos a Tua fidelidade. Isaías 38.18-19.

O Altíssimo tem consciência de que você só pode glorificá-Lo em vida, e Ele não perderá a chance de salvar almas através do seu testemunho.

Você já esperou muito? Perdeu as contas de quantas vezes pensou em desistir? Lutou tanto para depois ter que lutar mais? Os anos estão se passando, e você não vê sequer um sinal de que sua vitória está próxima? Não se preocupe. Você não morrerá enquanto não vir e desfrutar do fruto da sua FÉ, CONFIANÇA E PERSEVERANÇA.

E, até mesmo depois da morte, você continuará desfrutando dele. Pois “Aquele que perseverar até o fim, será salvo” (Mt 24.13)

Deus os abençoe sempre,

Pr. MárioPassos.

“ESTÁ CAVANDO A SUA PRÓPRIA COVA”

 Sem título-1“Quem abre uma cova nela cairá; e a pedra rolará sobre quem a revolve.” (Provérbios 26.27)  É muito forte esta palavra, confesso que quando li estremeci, é exatamente o que pensamos quando vemos alguém tomando uma atitude errada ou fazendo algo que certamente irá lhe prejudicar, logo dizemos: “esse aí está CAVANDO A SUA PRÓPRIA COVA”.

Na verdade somos nós os principais responsáveis pelos nossos problemas. Muitos são os que procuram sempre um culpado, não aceitam jamais estarem errados, ou ainda assumir que tudo o que aconteceu foi pura e simplesmente de responsabilidade sua.

É mais fácil sempre ter alguém para culpar, cavar a sua própria cova e quando cai nela, culpar os outros. “É o fulano que não me entende”, “é o ciclano que não me ouve”, etc, etc…

Mas a verdade é uma só: “Tudo o que nós plantamos nós, e somente nós, podemos colher.” Entenda meu amigo(a) leitor,  a nossa vida é feita de escolhas, é você o único responsável pelos resultados obtidos até aqui, eles são consequências das escolhas que você fez!

Se você agora está vivendo uma vida totalmente errada aos olhos de Deus, praticando a injustiça, vivendo no pecado, adulterando roubando, se prostituindo, NINGUÉM, NEM DEUS PODERÁ IMPEDIR QUE VOCÊ COLHA OS FRUTOS AMARGOS DE TAIS ATITUDES!

É claro que se agora mesmo você se arrepender, abandonar esta vida de engano e ilusão, confessar os seus pecados, Deus irá lhe perdoar e transformar você em uma nova criatura. E sua vida será completamente transformada pelo poder de Deus. Então se você deseja ser livre agora de todo sofrimento, todo peso que existe sobre você repita estas palavras de todo coração: Senhor Jesus eu te peço agora me perdoe, me lava com teu sangue, me livra de todo pecado, apaga todas as minhas transgressões, escreve o meu nome no Livro da Vida, e que à partir de hoje, nunca mais eu seja vencido pelo pecado, mas possa vencê-lo em nome do Senhor Jesus eu determino a minha vitória e tomo posse de uma vida nova, AMÉM.

Vá em frente e não se deixe levar mais pela sua própria vontade, sirva a Deus e Ele fará em você algo extraordinário.

Deus os abençoe sempre,

Pr. MárioPassos.